sábado, 10 de dezembro de 2016

O Mar Morto .... salgado demais !!


O Mar Morto (al-Bahr al-Mayyit em árabe, Yam ha-Melah em hebraico) é um lago tectônico salgado, situado na mais profunda depressão das terras emersas do planeta (cerca de 400m abaixo do nível do mar), na parte norte da grande fossa africana (Rift Valley). 
Está em meio à poeira típica do clima desértico do Oriente Médio, em contraste com o amarelo das montanhas que cercam a região de Ein Gedi, encontra-se um oásis de cor azul clara, contornado por uma borda branca. 
 O Mar Morto é o ponto mais baixo em terra seca, em toda a superfície do planeta. 
Como o próprio nome indica, o Mar Morto, é verdadeiramente morto. 
Nenhuma vida pode existir em suas águas extremamente salgadas e suas margens são revestidas com uma espessa camada de sal que mata qualquer planta.



Ele se localiza no Oriente Médio, suas águas divididas entre a Jordânia e Israel.
Com cerca de oitenta quilômetros de comprimento e largura máxima de 17km, localiza-se entre as colinas da Judéia e os planaltos da Transjordânia. 
Ocupa uma área de aproximadamente 1.020km2 e sua profundidade máxima é de 400m. 
A península de al-Lisan (“língua”) divide o lago em duas bacias: a maior, ao norte, compreende quase três quartos da superfície total e profundidade máxima de 400 m; a outra tem profundidade média de apenas três metros.
Segundo a Bíblia, o lago Asfaltite, nome que os antigos davam ao mar Morto, surgiu em conseqüência de uma erupção vulcânica após a destruição de Sodoma e Gomorra. 
O nome moderno provém de seu elevado grau de salinidade, que impede a vida animal.
A imensa quantidade de sal presente em suas águas inviabiliza qualquer tipo de vida no local - sua salinidade é de 33% (dez vezes maior que a dos oceanos). 
E é do sal que vem a coloração branca de sua borda, que é formada por bolinhas de sal cristalizado.


No Mar Morto estão presentes 21 minerais, que fazem com que suas águas sejam consideradas terapêuticas, pois são ricas em potássio, magnésio, bromo, entre outros. 
Além dos sais, há uma grande quantidade de lama negra do fundo do mar que também é utilizada em tratamentos dermatológicos e estéticos graças às suas propriedades medicinais. 
Tudo isso faz com que mais turistas procurem o local a fim de experimentar esses benefícios.





Nenhum comentário: