terça-feira, 1 de julho de 2014

Recordar é viver .... Capadócia - Turquia (2010) !!






 
Este é o belo Vale dos Amores, nas interessantes formações (incluindo os "fairies chimies") geológicas da Capadócia, do interior da Turquia.
Estive lá em Novembro de 2010 !!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Teleférico para o Vulcão PICHINCHA ... em Quito !!

O teleférico é uma das principais atrações de Quito, capital do Equador. 
Ele foi construído sobre uma área de 160 hectares nas saias do vulcão Pichincha e é o ápice da Cruz Loma. 
O espaço tem diversos serviços que incluem um parque de diversões (logo avistado na subida), um shopping center, uma praça de alimentação, restaurantes exclusivos, lojas de artesanato, a pista de carros, lojas de café, passeios a cavalo e até uma discoteca.
Os bondinhos do teleférico (foto abaixo), são idênticos aos usados na Colômbia (Medellin) e no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro.
Uma vista privilegiada de Quito é possível lá de cima ...
Tocar o céu ... não é pra qualquer um não !!
Eu estive por lá em outubro de 2013 !!

domingo, 22 de dezembro de 2013

Parque Botero ... em Medellín !!

 Botero não é apenas o mais famoso artista na Colômbia, mas também um homem de grande generosidade. 
Tanto em Bogotá como em Medellin existem museus que abrigam algumas das suas obras e sua coleção pessoal, doadas pelo artista. 
Em 2000, o Museu de Antioquia recebeu uma doação de 114 pinturas (óleos, aquarelas e desenhos), 21 obras de artistas internacionais de sua coleção e 23 esculturas, que hoje compõem a Praça Botero.              Esse cavalinho, ai do lado, por exemplo,  eu tive a oportunidade de  observar num lugar fora da Colômbia, em Santiago do Chile em 2006.
Fernando Botero Angulo (nascido em 19 de abril de 1932) é um artista figurativista colombiano, estilo chamado por alguns de "Boterismo".     Isso lhes dá uma identidade inconfundível.
Botero retrata as mulheres, os homens, da vida diária, acontecimentos históricos e personagens, marcos de arte, ainda-vida, os animais e o mundo natural, em geral, com volumetria exagerada e desproporcionada, acompanhado por detalhes de crítica mordaz, ironia, humor e criatividade.
Até um esqueleto, para Botero, é gorto e muito diferente dos que estamos acostumados a ver.
Suas obras destacam-se sobretudo por figuras rotundas, o que pode sugerir a estaticidade da humanidade.
  Percebe-se a sua escultura como uma crítica social, especialmente no que diz respeito à ganância do ser humano. É muito interessante passar por entre estas figuras e observar suas peculiaridades.
Dentre as figuras de Botero , na minha preferência , estão os animais !! 
 



 
 


 
 

  
 
 
 
 
Eu estive lá em outubro de 2013 !!