domingo, 30 de setembro de 2018

Dias em Araruama !!

Este mês fui para Araruama ... pela primeira vez !!
Era o feriado de Sete de Setembro, o Dia da Independência do Brasil.
Já havia pesquisado e, de fato, fora as praias, a cidade não tem muita atração turística a conhecer.
Tinha muita expectativa com relação à Praia Seca.

E num daqueles dias, pensei em passar visitando São Pedro da Aldeia.
O dia de chegada era a véspera do feriado.
Eu fui trabalhar normalmente e seguiria, depois, para a rodoviária.
A passagem custou R$ 40,00 pela Viação 1001.
Duraria em torno de 2 horas .... mas levou umas 3:30 hs.
A Ponte Rio-Niterói .... impossível.
Fiquei aguardando a Bárbara, minha amiga em  Araruama, no final de uma apresentação de coral no teatro da Praça Menino João Hélio.


Isso já era quase onze horas da noite.
De carro fomos até a casa da Bárbara, que não é tão perto do centro.
Conversamos um pouco, tomamos um chá e nos despedimos para dormir.
Amanhã planejo ir à Praia Seca.
1 dia em Araruama: Acordei cedo e tomei café com mingau de aveia, com mamão, feito (acredite) sem leite ....
Aprendi muito com minha anfitriã sobre alimentação, posturas de vida, de natureza, de desintoxicação ... vou tentar colocar em prática todo este aprendizado.

Saí para o centro de Araruama de ônibus (R$ 5,40) de onde tomaria outro transporte público para a Praia Seca (R$ 4,10),  viagem com duração de uns 40 minutos.
Ao chegar lá, encontrei uma praia praticamente deserta.
Linda, linda, linda demais ... que cor de mar , que areia fina e clara !!




O mar aqui é aberto, oceano à frente ... ondas super mexidas ... nenhum guarda-vidas !!
Com muito cuidado, entrei na água, algumas vezes.
A temperatura estava boa.
Claro, fiz muitas fotos !!



E fiz YOGA também ... algumas posições simples, e alguns alongamentos, a faixa de areia quase não tinha banhistas. 
Fiquei lá por umas 3 horas , olhando tudo a volta.                                                                      Dai tomei o mesmo ônibus para o centro de Araruama.Ele demorou uns 40 minutos para aparecer.                                                Neste tempo de espera, conheci uma capelinha linda na Praia Seca, consagrada a São Pedro.
Localizada na Praia da Pernambuca, em Praia Seca, foi construída e mantida pelos herdeiros do Sr. Manuel de Carvalho.
Salineiro e pescador, ele organizava todos os anos no dia 29 de junho, a festa em louvor ao Santo Padroeiro dos Pescadores.
Queria muito ver por dentro, mas estava fechada.



terça-feira, 21 de agosto de 2018

Dias lindos em Guarapari !!

O que é Guarapari, minha gente ?
Sim, estou de queixo caído até agora ...
Claro que eu já havia escutado de praias lindas.
Claro que eu havia escutado que o povo capixaba era receptivo.Sim !!
Mas que belezas me aguardavam ... e tudo aquilo, tão pertinho de casa.
As praias do Rio de Janeiro, para mim, são as mais lindas do mundo ... mas o que vivi no litoral do Espírito Santo merece destaque.
Consegui uma pessoa maravilhosa para me apresentar a cidade, que não só conhece muito do lugar onde mora, mas se mostrou extremamente generosa em se dedicar ao tempo em que pude passar lá.
Ela é de Cachoeiro do Itapemirim, também no Espírito Santo, mas mora em "Guara" (nome carinhoso dado pelos locais à cidade litorânea) a alguns anos.
Fui pra lá de ônibus, pela Itapemirim (Kaissara), numa viagem que durou em torno de sete horas e o valor de R$ 140,00.
São mais R$ 136,00 para voltar para o Rio de Janeiro.Passando por Piúma, o tempo estava bem fechado e, em alguns momentos, chovia. 
Espero que nos próximos dia tudo melhore por aqui ... quero praia com sol !!
Saí do Rio à noite e cheguei lá bem cedinho, de manhã.
Combinei de encontra a Cris no Centro, para o qual paguei R$ 3,10 num ônibus, à partir da rodoviária, que não fica assim, nem tão longe.
Abaixo, algumas fotos, chegando à mais badalada de todas, o point, Meaípe. 


Ela se atrasou um pouco e eu já estava preocupada, pois não consegui ativar a internet de meu celular, para dar um sinal de vida.
Mas elas apareceram, mãe e filhas, duas simpáticas filhas desta terra.
Fomos para Meaípe, vila onde está a mais badalada praia de Guarapari.
Coisa linda, claro, pena que o dia estava bastante nublado e ameaçava chuva, em alguns momentos.
Caminhei um bocado na linda faixa de areia, e por sobre algumas pedras ... 
Fiz boas fotos, inclusive, praticando YOGA., afinal o lugar é inspirador.
A pequena Vila de Meaípe, atrai a maior parte dos visitantes de verão, de quentes feriadóes e também os locais.
As águas tranquilas de sua praia está toda marcada daquelas areias escuras, que encontramos em outros lugares como Ilha Grande e Conceição de Jacareí  (RJ) ... elas tem radioatividade e foram estudadas durante décadas, com poder de cura comprovados para reumatismos, artroses, cânceres diversos ...
 Dei um bom mergulho naquelas águas calmas e, como o tempo estava fechado, parecia ser eu, a única banhista.
As águas daquela praia foram estudadas, por muitos anos, onde foram identificados benefícios à saúde, devido aos cristais de quartzo, por toda sua extensão, junto à areia.
Depois segui mais, para a sua esquerda, de onde avistei uma bela igrejinha, num ponto mais alto do relevo. 
Era a Paróquia de Nossa Senhora dos Navegantes.
Descobri que o caminho "Passos de Anchieta", também passa por aqui, por Meaípe.
Caminhei mais, atravessei um pequeno córrego, passei por uns rochedos ... cheguei lá !!
Depois fiz o caminho de volta, onde reencontrei as moças.
Comi ainda um bolinho (?) de aipim, que devia ter algo em torno de meio kilo ... um almoço, praticamente.
Só R$ 12,00 !!
Daí tomamos o carro e demos uma pequena parada para conhecer a linda Praia dos Padres ... espetáculo !!
 Escondidinha .... a Praia dos Padres !!
 Praia dos Padres .... a descida ... escadarias !!
Depois seguimos para a procissão marítima, que eu queria tanto assistir, comemorativa do dia de São Pedro, um dos padroeiros de Guarapari (junto com São Paulo).
Estava frio, ventava e já quase chovia, de fato !!

Mas ficamos lá, batendo os queixos ...
Dai vieram os barquinhos, o soltar dos fogos.
Tem uma imagem grandona de São Pedro, sobre um rochedo, virada para a parte litorânea da cidade, no meio de uma espécie de baia, e de onde vinham os barcos.
Um deles com a imagem de São Pedro ... emocionante.
Muita gente também participava, pessoas da igreja católica, ou não, banda de música, aquelas pessoas com roupas parecidas com as de padre.
Seguimos a imagem até a pequena capela, bem próxima dali .... depois seguiram (nós não) até a grande Igreja de São Pedro, bem mais distante dali.
Fomos para casa, então.
Tomei um banho, e fui descansar.
No dia seguinte, como sempre acordando cedo, saí para ali próximo, na Praia do Morro, elas ficaram dormindo.


Descobri que nesta Praia do Morro foi pescado o maior marlim azul do mundo.
Ele pesava 636 quilos, 4,62 metros e diâmetro de 4,48 metros ...  entrou para o Livro dos Recordes, o GUINESS.
O dia foi 29 de fevereiro de 1992.
Desde então, o Marlim Azul passou a ser declarado peixe-símbolo do Espírito Santo.
Na foto acima, a Praia do Morro com a  centro de Guarapari, ao fundo.
Voltei para tomar café com as garotas.
Saímos depois do café da manhã com planos distintos.


Cris iria fazer compras, num supermercado de um outro bairro, e eu saí com Lit, com o fim de fazer uma bela caminhada ecológica, como que numa trilha, cortando várias praias, que eram consecutivas, umas às outras.
Passeio lindo e, olha que demais, faz parte do chamado "Passos de Anchieta", um caminho percorrido pelo padre, que liga Vitória à cidade de Anchieta, dividido em 4 dias para quem se programa percorrê-lo.
Nossa caminhada ecológica se iniciou em "Três Praias" , momentos de puro encantamento.
Chegamos até o bairro de "Perocão" .... sim , o nome é este mesmo .... pitoresco, né ?
Nem vou avisar que o nome completo é Perocão Grande ... ih, bem, melhor deixar pra lá !!
 Vila pesqueira do Perocão ...

Dali encontramos a Cris e voltamos para casa para um almoço bem gostoso.
Depois fomos, eu e Cris, em direção ao Centro, passando antes num hostel de um amigo dela.
Ficou noite e ainda assim saímos para alguns lugares turísticos e interessantes.
Queríamos chegar à Praia da Fonte, mas a maré estava alta e a visibilidade, para andar sobre as rochas, bem baixa.
Só olhamos de longe.
Depois vimos a Praia dos Namorados.
Em seguida a das Castanheiras (foto abaixo).
A Praia Preta foi a última que acessamos.
Dali caminhamos até a edificação do antigo Hotel Radium, cuja fotografia foi tirada durante o dia, no dia seguinte..
Ali funcionou um dos mais importantes hotéis casinos do Brasil.
Hoje funcionam diversas atividades culturais no lugar.
Depois começamos a retornar em direção ao hostel.
Conhecemos o "Beco da Fome", que nem constava do roteiro turístico do mapa !!
Se trata de uma espécie da quarteirão, bem no Centro de Guarapari onde é possível realizar quase que qualquer sonho gastronômico.
Hummm ...

O que mais gostei foi ver a Igreja da Matriz (a antiga) no alto de uma colina .... com a fachada toda ornada de pequenas conchas .... coisa linda demais !!
Depois voltamos para a Praia do Morro e nos arrumamos para sair para o show do The Fevers, comemorativo do Dia de São Pedro, a noite promete ...
O evento foi próximo da Praça dos Golfinhos.
Foi tudo perfeito, divertido, alegre, leve ... além de eu e Cris, Raquel , uma linda negra carioca, que mora agora por ali, e também foi.
Cantamos quase todas, dançamos e rimos ... no final do show ainda tentamos dar uma alongada no Adega, um bar-clube de rock, mas já era tarde e até eles estavam fechando ...
Fomos para casa, caminhando pela beira da praia.
No dia seguinte, meu último em Guarapari, como de costume, acordei cedo e fui até o Centro ... refazer algumas coisas que não pude ver, ontem à noite.
O dia estava, particularmente, lindo .... hoje !!
Fui até pertinho da tal "Poço dos Jesuítas" (foto acima e de acesso, ao lado), construído pelos padres no Século XVI , no Morros do Atalaia, no formato de cúpula, sobre pedras sobrepostas e unidas com argamassa (composta de areia, conchas trituradas e óleo de baleia)  .... faz
parte do acervo histórico, um dos mais importantes, de Guarapari. 
Foto da Praia dos Namorados, acima !!
Praia das Castanheiras, foto acima !!
Praia Preta, foto acima !!
E fui cruzando todas aquelas lindas praias, ainda mais lindas na luz do dia, por onde passei ontem.
E logo voltei para acasa da Cris pois hoje vamos fazer trilha no Morro da Pescaria ... foto abaixo (o morro), no final da Praia do Morro.
O pai da Lit combinou de ir com a gente.
Um grupo de trilha ?
E fomos caminhando, por toda a extensão da Praia do Morro ... temperatura da água ... perfeita !!
A entrada do parque é de preço simbólico, somente R$ 3,00.
 Trilha do Morro da Pescaria !!
 Mirante do Morro da Pescaria !!
Praia de Areia Rosa !!
Tem a trilha principal que leva à Praia do Ermitão, e trilhas secundárias para outras praias, sendo a mais bonita, a de Areia Rosa ... onde tirei muitas, muitas fotos.

A vegetação é de restinga, com alguns cactos, bromélias ...
Cheguei a ver, na Praia do Ermitão, duas tartarugas marinhas.
Fotografia nas rochas da Praia do Hermitão (ao lado).
Ventava muito, o que deu uma refrescada do calor, durante a tarde.
Acabei me perdendo do grupo ... mas depois nos reencontramos, eles saindo e eu chagando na Praia de Areia Rosa.
Na fotografia abaixo, na Praia de Areia Rosa.
Eles saíram para almoçar na beira da praia mas eu fiquei um pouco mais, foi quando, então, de fato,  desci para a Praia de Areia Rosa.
Fui atrás deles no quiosque onde parariam para comer, mas ele não abriu hoje (soube depois) e eles foram comer, em outro local.
Já estava por ali e o sol já iria se pôr ... corri para que, quase a entrada do Parque  Natura Municipal do Morro da Pescaria.
Resolvi  voltar ao Morro da Pescaria e subir aquela parte de fora do parque, onde tem um grande letreiro pintado com o nome Jesus (fotografia ao lado) ... subi até lá.
Pena o dia estar com muitas nuvens, depois de todo aquele vento, pois certamente o pôr do sol dali deve ser inesquecível.
Outras pessoas estavam ali , também aguardando o espetáculo que não aconteceu ou, pelo menos, não aconteceu como nós não queríamos.
Depois desci fui para casa da Cris, organizar minhas coisas pois partiria esta noite para minha casa ... durante a noite, indo direto para o trabalho, pela manhã.

Pra vocês, mais fotos:






 





 



 








Estive em Guarapari em Junho de 2018 !!